A empresa Araújo & Matos Serviços e Comércio LTDA – ME (Liberty Serviços e Comércio), alvo de uma operação na manhã de hoje (07), tem contrato na Universidade do Estado do Maranhão (UEMA), desde 2017 para prestação de serviços continuados de limpeza, asseio e conservação das áreas internas.
De acordo com o Diário Oficial do dia 12 de abril deste ano, a UEMA renovou e prorrogou o prazo do contrato com a empresa no valor de R$ 3.345.807,13 (três milhões, trezentos e quarenta e cinco mil, oitocentos e sete reais e treze centavos), correspondente aos meses de janeiro de 2019 a janeiro de 2020.

O primeiro contrato com a empresa Liberty Serviços foi publicado no Diário Oficial do dia 16 de janeiro de 2017. O valor firmado com a empresa foi de R$ 2.859.931,20 (dois milhões oitocentos e cinquenta e nove mil novecentos e trinta e um reais e vinte centavos).
A Liberty Serviços foi alvo da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão (MP-MA).
A Seccor e Gaeco cumpriram cinco mandatos de busca e apreensão no município de Paço do Lumiar-MA, onde também foi alvo a primeira-dama da cidade, Núbia Dutra (mais detalhes aqui).
O operação apontou que o município cometeu irregularidades na contratação da empresa Liberty Serviços.
A equipe de reportagem do site do Luís Pablo tentou entrar em contato com a assessoria de comunicação da UEMA, mas não obteve êxito. O espaço da página está em aberto para divulgação de esclarecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here