Novela mexicana no SBT é como fênix: sempre ressurge das cinzas. Depois de uma fase em baixa com suas Novelas da Tarde, a emissora de Silvio Santos acertou o passo com a dobradinha A Dona e A que Não Podia Amar. Enquanto a primeira repete o bom desempenho de sua exibição original por aqui, em 2015, a segunda é uma produção inédita, e que vem registrando bons índices de audiência.

O sucesso não é por acaso. A que Não Podia Amar traz todos os ingredientes que os fãs do bom e velho folhetim mexicano tanto amam. Há uma mocinha sofredora, um vilão redimido e muitas reviravoltas. A novela conta a saga da enfermeira Ana Paula (Ana Brenda Contreras), que abre mão de seu amor por Gustavo (José Ron) e se casa com o poderoso (e malvado) Rogério (Jorge Salinas). O casamento é um acordo para que Rogério consiga livrar o irmão de Ana Paula da cadeia. Assim, a mocinha sofre muito, presa num casamento de aparências. No entanto, aos poucos, Rogério vai mudando e conquistando a heroína, que fica dividida.

Ou seja, A que Não Podia Amar é um romance clássico, baseado num triângulo amoroso que, conforme se desenvolve, vai surpreendendo o público. Além disso, conta com Ana Brenda Contreras liderando o elenco. A atriz tem se tornado a queridinha das tardes do SBT, aparecendo em várias das produções de sucesso exibidas nas Novelas da Tarde. Ela mal se despediu de Aurora, sua personagem em Teresa, e segue no horário. Recentemente, o SBT reexibiu, com sucesso, Coração Indomável, outra trama irresistível com Ana Brenda à frente do elenco.

Novelas da Tarde em boa fase

Deste modo, é possível afirmar que o SBT acertou o passo com as Novelas da Tarde, depois de vários furos n’água. A emissora quase afundou a faixa depois de várias decisões equivocadas, sobretudo no último ano. Foi um grande erro apostar numa reprise de Carrossel na segunda faixa, novela que simplesmente não conversa com o público do horário. Depois, a série A Rosa dos Milagres também se mostrou um produto fraco e de pouco apelo junto aos brasileiros.

Por isso, a emissora acertou ao apostar em A que Não Podia Amar e na reprise de A Dona. Tratam-se de duas novelas com bastante apelo, com tramas que sempre funcionaram muito bem por aqui. E as novelas mexicanas estão no DNA do SBT. O canal precisa cuidar bem de um de seus principais patrimônios junto aos fãs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here