Delegada da Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, Juliana Lopes Bussacos, encerrou na última segunda-feira (29) o inquérito sobre a acusação da modelo Najila de Souza Trindade e concluiu que não houve da parte do jogador Neymar agressão e nem estupro no hotel em Paris. Sendo assim, o inquérito será encerrado e o jogador mais caro do Brasil não será indiciado.